Sectores Empresariais
Tipo de Acabamento
Fases de Intervenção
Limitações
Qualidade do Betão
Estabilidade
Fibras de Aço

QUALIDADE DO BETÃO

Lajes novas:

A cura adequada de uma laje é fundamental. Quando este tempo não é respeitado, além de outras consequências estruturais, também o polimento poderá ser prejudicado;

O cimento a utilizar no fabrico do betão deve ser de boa qualidade e obriga a ter um grande cuidado no seu armazenamento, de modo a impedir que a água ou humidade entre em contacto com ele, provocando o seu endurecimento;

Também a qualidade dos inertes influência o polimento. A brita terá que possuir uma resistência adequada ao fabrico do betão, não se podendo alterar, em contacto com o cimento. Também terá de estar isenta de terra, ou sujidade.

A água é imprescindível para a constituição do betão e não poderá ter materiais dissolvidos, como sal.

 

Lajes antigas:

A densidade das superfícies influência muito este trabalho e pode ter efeitos adversos nas ferramentas, produtos e nos métodos de aplicação:

Uma superfície que é demasiado densa implica não só, muita dificuldade no corte, ou desbaste, como também na impregnação eficaz dos químicos convencionais;

Por outro lado, um piso pouco denso, ou demasiado poroso irá inevitavelmente absorver sempre uma quantidade exagerada de químicos, acabando por prejudicar a performance do produto final.

Fendas resultantes da sub-carga da laje Diferentes tonalidades que uma laje poderá apresentar
 
Pegadas na laje Varões soltos da malhasol
 
Eflorescências no pavimento Deterioração da laje